LED COB e LED SMD: algumas coisas que você precisa saber

Introdução:

Bem-vindo ao excitante mundo da iluminação LED moderna, onde a inovação transformou a forma como iluminamos as nossas vidas. Neste guia abrangente, exploraremos dois notáveis Tecnologias LED que revolucionaram a indústria de iluminação: LEDs Chip-on-Board (COB) e LEDs de dispositivos de montagem em superfície (SMD). Se você é um entusiasta da iluminação, um fabricante de luminárias, ou simplesmente curioso sobre os avanços na tecnologia LED, nosso objetivo é fornecer a você uma jornada abrangente, envolvente e informativa pelo mundo dos LEDs COB e SMD.

Compreendendo os LEDs SMD:

Vamos começar desmistificando os LEDs SMD. LEDs SMD, abreviação de LEDs para dispositivos de montagem em superfície, são diodos emissores de luz que emitem luz em várias cores. Esses LEDs consistem em três cristais semicondutores – um vermelho, um verde e um azul. Quando esses cristais são energizados, eles emitem luz, permitindo a produção de uma gama de cores.

Os LEDs SMD vêm em tamanhos diferentes, indicados por números como 2835, 3825 ou 5050. Esses números referem-se ao tamanho físico do chip LED. Números maiores geralmente indicam chips maiores, o que pode afetar a emissão de luz e outras características. Para visualizar isso melhor, vamos dar uma olhada em uma tabela que fornece uma compreensão mais clara dos tamanhos físicos dos LEDs SMD.

LED SMD (módulo)Dimensões (mm×mm)Potência (watt)Fluxo (lúmen)IRC(Ra)intensidade (candela)Ângulo de feixe (grau)Dissipador de calorEficácia (min) (lm/W)Eficácia (min) (lm/W)Cores por pacote SMD
11041,1 × 0,4         
12061,2 × 0,6 3–655–60      
28352,8 × 3,50.214–2575–858,4–9,1120sim70125 
30143,0 × 1,40.19–1275–852,1–3,5120sim90120 
30203,0 × 2,00.065.4 2.5120não8090 
30303,0 × 3,00.9110–120    120130 
35283,5 × 2,80,06–0,084–860–703120não70100 
35353,5 × 3,50.535–4275–80   7084 
40144,0 × 1,40.222–3275–85   110160 
50505,0 × 5,00.224   não120 Monocromático ou RGB
50605,0 × 6,00.226   não130 Monocromático ou RGB
56305,6 × 3,00.530–457018.4120não6090 
57305,7 × 3,00.530–457515–18120não6090 
57335,7 × 3,30.535–508015–18120não70100 
57365,7 × 3,60.540–558015–18120não80110 
70147,0 × 1,40,5 e 135–5070–80   70100Monocromático
70207,0 × 2,00,5 e 140–5575–85   80100Monocromático
85208,5 × 2,00,5 e 155–6080   110120Monocromático
Fonte de dados: Wikipédia

Características dos LEDs SMD:

LEDs SMD possuem várias características únicas que os tornam populares em diversas aplicações de iluminação. Eles são aplicados diretamente na superfície das placas de circuito, eliminando a necessidade de cabos adicionais e reduzindo o uso de material. Seu amplo ângulo luminoso, geralmente em torno de 120-160 graus, permite uma iluminação uniforme e maior apelo visual. Além disso, os LED SMD operam com tensões e correntes mais baixas, resultando na redução do consumo de energia e da geração de calor, o que contribui para a sua vida útil prolongada e maior estabilidade. Além disso, a presença de três unidades de LED de cor única (vermelho, verde e azul) dentro de cada LED permite que os LEDs SMD obtenham exibições multicoloridas ou coloridas, proporcionando versatilidade nos efeitos de iluminação.

Compreendendo os LEDs COB:

Agora, vamos voltar nossa atenção para LEDs COB, uma avançada tecnologia LED de embalagem em nível de chip. Os LEDs COB rompem com a embalagem discreta tradicional ao integrar densamente vários chips de LED em uma camada isolante e um substrato de alumínio (dissipador de calor) de vários formatos, como redondo, quadrado, retangular, lua ou estrela.

Características dos LEDs COB:

Os LEDs COB oferecem diversas características exclusivas que os tornam a escolha preferida para aplicações de iluminação específicas. Os vários chips de LED compactados resultam em maior saída de luz por polegada quadrada, permitindo que os LEDs COB atinjam níveis de brilho impressionantes em um formato compacto. Além disso, os LEDs COB requerem apenas um circuito e dois contatos para acionar todo o conjunto de chips, simplificando o projeto do circuito, reduzindo o consumo de energia e diminuindo o risco de falha. Ao contrário dos LEDs tradicionais, os LEDs COB não possuem condutores, camadas fosforescentes ou lentes, o que pode reduzir a área emissora de luz (LES) e aumentar a intensidade da vela do feixe central (CBCP). Isso aumenta a eficiência da luz e reduz a perda de luz. O material do substrato e o dissipador de calor dos LEDs COB exibem excelentes propriedades de dissipação de calor, garantindo que o calor gerado pelos chips seja conduzido de forma eficaz, resultando em operação em baixa temperatura, vida útil prolongada do LED e maior estabilidade.

LEDs COB vs. LEDs SMD: uma comparação:

Agora que exploramos as características dos LEDs COB e SMD, vamos compará-los com base em vários aspectos principais:

1. Brilho:

Os LEDs COB oferecem maior emissão de luz e intensidade de vela do feixe central devido aos seus múltiplos chips de LED densamente compactados. Isto os torna adequados para aplicações que exigem alto brilho e iluminação focada, como holofotes e luminárias embutidas.

Os LEDs SMD podem não atingir o mesmo nível de brilho que os LEDs COB em um único chip. No entanto, a sua vantagem reside na produção de iluminação uniforme e suave num ângulo luminoso mais amplo, tornando-os ideais para iluminação uniforme em aplicações como faixas e lâmpadas.

2. Eficiência Energética:

Os LEDs SMD geralmente têm maior eficiência energética do que os LEDs COB. Eles podem produzir mais lúmens por watt, o que significa que alcançam o mesmo brilho com menos consumo de energia, tornando-os mais econômicos no longo prazo.

Os LEDs COB, embora não sejam tão eficientes em termos energéticos quanto os LEDs SMD, ainda podem fornecer altos níveis de brilho em um tamanho menor devido aos seus lúmens mais altos por polegada quadrada. Esta eficiência de espaço pode ser vantajosa para determinadas aplicações.

3. Cor:

Os LEDs SMD podem obter exibições multicoloridas ou coloridas, graças à presença de três unidades de LED de uma única cor. Ao ajustar o brilho de cada unidade, podem ser produzidas cores diferentes, permitindo efeitos de iluminação versáteis e mudanças dinâmicas de cores.

Os LEDs COB, no entanto, estão limitados a emitir luz de uma única cor e temperatura de cor devido à sua camada fosforescente uniforme. Como resultado, eles são mais adequados para aplicações que exigem uma saída consistente em uma única cor.

Luzes de tira sinfônica de Vorlane 3
Fita LED Vorlane SMD

4. Dissipação de calor:

Os LEDs COB são projetados com vários chips de LED montados juntos em um substrato termicamente condutor, melhorando a dissipação de calor. Esta dissipação de calor eficaz contribui para uma vida útil mais longa e maior estabilidade, especialmente em aplicações onde os LEDs operam por longos períodos ou em ambientes de alta temperatura.

Os LEDs SMD, embora eficientes na dissipação de calor, geram mais calor e temperatura em comparação aos LEDs COB. A necessidade de circuitos e pontos de contato separados para cada chip, bem como a estrutura tradicional do pacote de LED, contribuem para a produção de calor um pouco maior.

5. Custo:

A diferença de custo entre LEDs COB e SMD é multifacetada. Embora os LEDs COB possam ser mais econômicos em termos de processos de produção simplificados, eles exigem melhores materiais e soluções de dissipação de calor. Por outro lado, os LEDs SMD envolvem substratos separados e camadas de fósforo para cada chip, bem como projetos de circuitos e processos de produção mais complexos. No entanto, os avanços na automação reduziram os custos de produção de LEDs SMD, tornando-os mais competitivos em termos de custos em determinados cenários.

Concluindo, tanto os LEDs COB quanto os LEDs SMD têm seus pontos fortes e fracos únicos, tornando-os adequados para diferentes aplicações de iluminação. A escolha entre LEDs COB e SMD depende dos requisitos específicos de cada aplicação. Se o brilho, a alta concentração de luz e a relação custo-benefício são as principais preocupações, os LEDs COB podem ser a melhor escolha. Por outro lado, se a uniformidade da luz, a eficiência energética e as opções versáteis de cores são mais importantes, os LEDs SMD podem ser a opção preferida.

Por que os LEDs COB exigem melhor dissipação de calor do substrato:

Agora, vamos nos aprofundar no motivo pelo qual os LEDs COB têm requisitos de dissipação de calor de substrato mais elevados do que os LEDs SMD. Para entender isso, precisamos considerar a geração de calor e a eficiência de conversão fotoelétrica de ambos os tipos de LED.

Os LEDs COB geralmente têm menor eficiência de conversão fotoelétrica em comparação aos LEDs SMD. A razão está no uso de mais fósforos para misturar luz branca em LEDs COB. Este processo envolve a absorção de um pouco de luz azul pelo fósforo e pela sílica gel, que a converte em calor. Além disso, a estrutura do pacote de LEDs COB contribui para uma maior geração de calor.

Os LEDs COB são criados montando diretamente vários chips em um substrato para formar uma superfície emissora de luz de alta densidade. Em contraste, os LEDs SMD são chips únicos encapsulados presos a colchetes, resultando em um ponto de emissão de luz disperso. Como resultado, a densidade de energia térmica e luminosa na superfície emissora de luz dos LEDs COB é maior do que a dos LEDs SMD, levando a temperaturas mais altas.

No entanto, é essencial observar que, embora a temperatura da superfície dos LEDs COB possa ser superior à dos LEDs SMD, a temperatura real do chip dos LEDs COB pode ser inferior à dos LEDs SMD. Isso se deve ao design de dissipação de calor mais eficaz dos LEDs COB, com o chip montado diretamente no substrato com melhor condução de calor.

A vantagem do substrato de alumínio em LEDs COB:

Os LEDs COB requerem dissipação de calor eficaz para manter o desempenho ideal e prolongar sua vida útil. É aqui que a vantagem de um substrato de alumínio nos LEDs COB se torna aparente.

O substrato de alumínio possui condutividade térmica superior em comparação com os substratos tradicionais de cobre para PCB. A menor resistência térmica do substrato de alumínio permite que o calor gerado pelos chips seja rapidamente transferido para o dissipador de calor, dissipando efetivamente o calor e mantendo os LEDs operando em temperaturas mais baixas.

Além disso, os substratos de alumínio apresentam um baixo coeficiente de expansão térmica, o que significa que, em altas temperaturas, apresentam relativamente poucas alterações dimensionais. Isso evita alterações na espessura e planicidade da placa devido às altas temperaturas, que podem impactar na qualidade dos furos e linhas de metalização.

Além disso, o substrato de alumínio permite que os LEDs COB transportem correntes mais altas devido ao uso de folha de cobre para conexões de fios. Em comparação, os substratos tradicionais de cobre para PCB podem ter maior resistência térmica, limitando a capacidade de transporte de corrente.

Em resumo, os LEDs COB requerem melhor dissipação de calor do substrato devido à sua maior geração de calor e eficiência de conversão fotoelétrica. O uso de substrato de alumínio em LEDs COB garante ótima dissipação de calor, vida útil prolongada e estabilidade aprimorada, tornando-os adequados para aplicações com longas horas de trabalho e ambientes de alta temperatura.

LEDs COB e LEDs SMD em aplicações de fabricação de luminárias:

A escolha entre LEDs COB e LEDs SMD desempenha um papel crucial nas aplicações de fabricação de luminárias. Cada tipo tem vantagens distintas que atendem a requisitos específicos de iluminação. Vamos explorar como os LEDs COB e SMD diferem em várias aplicações:

1. Aplicações de LEDs SMD:

Os LEDs SMD são particularmente adequados para produtos que requerem iluminação grande angular e iluminação uniforme. Devido ao seu amplo ângulo luminoso, geralmente em torno de 120-160 graus, eles são comumente usados em tiras, painéis, lâmpadas e diversas aplicações de iluminação arquitetônica. Os LEDs SMD oferecem versatilidade em cores e podem obter exibições multicoloridas ou coloridas, tornando-os ideais para efeitos de iluminação dinâmicos.

2. Aplicações de LEDs COB:

Os LEDs COB se destacam em aplicações que exigem alto brilho, luz concentrada e eficiência luminosa superior. Os vários chips de LED compactados resultam em maior saída de luz por polegada quadrada, tornando os LEDs COB adequados para holofotes, downlights, luzes da ruae outras luminárias de alto brilho. Os LEDs COB também são preferidos em aplicações de iluminação industrial e comercial onde é necessária uma operação prolongada em ambientes de alta temperatura, graças ao seu design eficiente de dissipação de calor e vida útil prolongada.

Solução de problemas de LEDs COB e LEDs SMD:

Agora, vamos aprender como solucionar problemas de LEDs COB e SMD para identificar quaisquer problemas que eles possam ter. Aqui estão alguns métodos que você pode usar para determinar a condição de seus LEDs:

1. Teste de inicialização:

Ligue os LEDs SMD ou COB usando uma bateria ou fonte de alimentação e observe se eles emitem luz corretamente. Se os LEDs não acenderem, pode haver algum problema com os grânulos da lâmpada, como danos ou mau contato.

2. Teste do multímetro:

Use um multímetro para medir os terminais positivos e negativos dos LEDs SMD ou COB na engrenagem do diodo. Se você puder medir valores normais de resistência ou tensão de condução, isso indica que os grânulos da lâmpada não estão queimados. Se você não conseguir medir nenhum valor, isso sugere que o cordão da lâmpada pode estar em curto ou em circuito aberto.

3. Inspeção Visual:

Observe a aparência dos LEDs SMD ou COB a olho nu. Procure rachaduras, descoloração, deformação ou outras anormalidades. Qualquer um desses sinais pode indicar que os grânulos da lâmpada foram danificados devido a superaquecimento, sobretensão ou choque mecânico.

Lembre-se de que esses métodos podem fornecer uma avaliação inicial da condição dos LEDs. Para testes de parâmetros de desempenho mais precisos, podem ser necessários instrumentos profissionais como espectrômetros e testadores de parâmetros optoeletrônicos.

Substituição de LEDs COB ou LEDs SMD ruins em produtos LED:

Se você identificou algum LED COB ou SMD com defeito em seus produtos LED, aqui está um guia sobre como substituí-los:

1. Remoção de LEDs ruins:

Use uma pistola de ar quente ou ferro de solda para remover os LEDs COB ou SMD defeituosos da placa. Tome cuidado para não danificar a placa ou outros componentes durante este processo.

2. Limpeza e Preparação do Quadro:

Remova o excesso de solda da placa com um ferro de solda, deixando uma fina camada de solda para facilitar a montagem dos novos LEDs COB ou SMD.

3. Substituição de LEDs:

Substitua os LEDs COB ou SMD defeituosos pelos mesmos tipos de LEDs adquiridos online. Preste atenção à orientação correta dos pólos positivo e negativo durante a substituição.

4. Soldagem:

Aqueça a parte traseira da placa com uma pistola de ar quente ou ferro de solda até que a solda na parte frontal derreta, soldando firmemente os novos LEDs no lugar. Se os LEDs tiverem dissipadores de calor intermediários, solde-os também.

5. Teste:

Verifique se os novos LEDs COB ou SMD emitem luz corretamente. Se algum problema persistir, repita as etapas e garanta conexões adequadas.

É importante observar que o método acima requer um certo nível de habilidade prática e acesso a ferramentas específicas. Se você não tiver experiência ou ferramentas completas, considere substituir todo o quadro de luz como alternativa.

Conclusão:

Esperamos que este guia completo tenha sido útil na compreensão do fascinante mundo dos LEDs COB e SMD. Estas tecnologias inovadoras transformaram a indústria da iluminação e continuam a oferecer soluções versáteis para diversas aplicações. Ao escolher entre LEDs COB e SMD, considere os requisitos e características específicas de iluminação de cada tipo de LED para tomar uma decisão informada. Quer seja um fabricante de luminárias ou um entusiasta de LED, a escolha certa de LED pode trazer brilho e eficiência às suas soluções de iluminação.

Como fabricante profissional de luminárias LED, a Vorlane está aqui para apoiá-lo com a nossa experiência e produtos LED de alta qualidade. Se você tiver alguma dúvida ou precisar de mais assistência com LEDs COB ou SMD, não hesite em nos contatar. Vamos juntos iluminar um futuro melhor com tecnologia LED de última geração!

Maravilhoso! Compartilhe este caso:

Introdução:

Bem-vindo ao excitante mundo da iluminação LED moderna, onde a inovação transformou a forma como iluminamos as nossas vidas. Neste guia abrangente, exploraremos dois notáveis Tecnologias LED que revolucionaram a indústria de iluminação: LEDs Chip-on-Board (COB) e LEDs de dispositivos de montagem em superfície (SMD). Se você é um entusiasta da iluminação, um fabricante de luminárias, ou simplesmente curioso sobre os avanços na tecnologia LED, nosso objetivo é fornecer a você uma jornada abrangente, envolvente e informativa pelo mundo dos LEDs COB e SMD.

Compreendendo os LEDs SMD:

Vamos começar desmistificando os LEDs SMD. LEDs SMD, abreviação de LEDs para dispositivos de montagem em superfície, são diodos emissores de luz que emitem luz em várias cores. Esses LEDs consistem em três cristais semicondutores – um vermelho, um verde e um azul. Quando esses cristais são energizados, eles emitem luz, permitindo a produção de uma gama de cores.

Os LEDs SMD vêm em tamanhos diferentes, indicados por números como 2835, 3825 ou 5050. Esses números referem-se ao tamanho físico do chip LED. Números maiores geralmente indicam chips maiores, o que pode afetar a emissão de luz e outras características. Para visualizar isso melhor, vamos dar uma olhada em uma tabela que fornece uma compreensão mais clara dos tamanhos físicos dos LEDs SMD.

LED SMD (módulo)Dimensões (mm×mm)Potência (watt)Fluxo (lúmen)IRC(Ra)intensidade (candela)Ângulo de feixe (grau)Dissipador de calorEficácia (min) (lm/W)Eficácia (min) (lm/W)Cores por pacote SMD
11041,1 × 0,4         
12061,2 × 0,6 3–655–60      
28352,8 × 3,50.214–2575–858,4–9,1120sim70125 
30143,0 × 1,40.19–1275–852,1–3,5120sim90120 
30203,0 × 2,00.065.4 2.5120não8090 
30303,0 × 3,00.9110–120    120130 
35283,5 × 2,80,06–0,084–860–703120não70100 
35353,5 × 3,50.535–4275–80   7084 
40144,0 × 1,40.222–3275–85   110160 
50505,0 × 5,00.224   não120 Monocromático ou RGB
50605,0 × 6,00.226   não130 Monocromático ou RGB
56305,6 × 3,00.530–457018.4120não6090 
57305,7 × 3,00.530–457515–18120não6090 
57335,7 × 3,30.535–508015–18120não70100 
57365,7 × 3,60.540–558015–18120não80110 
70147,0 × 1,40,5 e 135–5070–80   70100Monocromático
70207,0 × 2,00,5 e 140–5575–85   80100Monocromático
85208,5 × 2,00,5 e 155–6080   110120Monocromático
Fonte de dados: Wikipédia

Características dos LEDs SMD:

LEDs SMD possuem várias características únicas que os tornam populares em diversas aplicações de iluminação. Eles são aplicados diretamente na superfície das placas de circuito, eliminando a necessidade de cabos adicionais e reduzindo o uso de material. Seu amplo ângulo luminoso, geralmente em torno de 120-160 graus, permite uma iluminação uniforme e maior apelo visual. Além disso, os LED SMD operam com tensões e correntes mais baixas, resultando na redução do consumo de energia e da geração de calor, o que contribui para a sua vida útil prolongada e maior estabilidade. Além disso, a presença de três unidades de LED de cor única (vermelho, verde e azul) dentro de cada LED permite que os LEDs SMD obtenham exibições multicoloridas ou coloridas, proporcionando versatilidade nos efeitos de iluminação.

Compreendendo os LEDs COB:

Agora, vamos voltar nossa atenção para LEDs COB, uma avançada tecnologia LED de embalagem em nível de chip. Os LEDs COB rompem com a embalagem discreta tradicional ao integrar densamente vários chips de LED em uma camada isolante e um substrato de alumínio (dissipador de calor) de vários formatos, como redondo, quadrado, retangular, lua ou estrela.

Características dos LEDs COB:

Os LEDs COB oferecem diversas características exclusivas que os tornam a escolha preferida para aplicações de iluminação específicas. Os vários chips de LED compactados resultam em maior saída de luz por polegada quadrada, permitindo que os LEDs COB atinjam níveis de brilho impressionantes em um formato compacto. Além disso, os LEDs COB requerem apenas um circuito e dois contatos para acionar todo o conjunto de chips, simplificando o projeto do circuito, reduzindo o consumo de energia e diminuindo o risco de falha. Ao contrário dos LEDs tradicionais, os LEDs COB não possuem condutores, camadas fosforescentes ou lentes, o que pode reduzir a área emissora de luz (LES) e aumentar a intensidade da vela do feixe central (CBCP). Isso aumenta a eficiência da luz e reduz a perda de luz. O material do substrato e o dissipador de calor dos LEDs COB exibem excelentes propriedades de dissipação de calor, garantindo que o calor gerado pelos chips seja conduzido de forma eficaz, resultando em operação em baixa temperatura, vida útil prolongada do LED e maior estabilidade.

LEDs COB vs. LEDs SMD: uma comparação:

Agora que exploramos as características dos LEDs COB e SMD, vamos compará-los com base em vários aspectos principais:

1. Brilho:

Os LEDs COB oferecem maior emissão de luz e intensidade de vela do feixe central devido aos seus múltiplos chips de LED densamente compactados. Isto os torna adequados para aplicações que exigem alto brilho e iluminação focada, como holofotes e luminárias embutidas.

Os LEDs SMD podem não atingir o mesmo nível de brilho que os LEDs COB em um único chip. No entanto, a sua vantagem reside na produção de iluminação uniforme e suave num ângulo luminoso mais amplo, tornando-os ideais para iluminação uniforme em aplicações como faixas e lâmpadas.

2. Eficiência Energética:

Os LEDs SMD geralmente têm maior eficiência energética do que os LEDs COB. Eles podem produzir mais lúmens por watt, o que significa que alcançam o mesmo brilho com menos consumo de energia, tornando-os mais econômicos no longo prazo.

Os LEDs COB, embora não sejam tão eficientes em termos energéticos quanto os LEDs SMD, ainda podem fornecer altos níveis de brilho em um tamanho menor devido aos seus lúmens mais altos por polegada quadrada. Esta eficiência de espaço pode ser vantajosa para determinadas aplicações.

3. Cor:

Os LEDs SMD podem obter exibições multicoloridas ou coloridas, graças à presença de três unidades de LED de uma única cor. Ao ajustar o brilho de cada unidade, podem ser produzidas cores diferentes, permitindo efeitos de iluminação versáteis e mudanças dinâmicas de cores.

Os LEDs COB, no entanto, estão limitados a emitir luz de uma única cor e temperatura de cor devido à sua camada fosforescente uniforme. Como resultado, eles são mais adequados para aplicações que exigem uma saída consistente em uma única cor.

Luzes de tira sinfônica de Vorlane 3
Fita LED Vorlane SMD

4. Dissipação de calor:

Os LEDs COB são projetados com vários chips de LED montados juntos em um substrato termicamente condutor, melhorando a dissipação de calor. Esta dissipação de calor eficaz contribui para uma vida útil mais longa e maior estabilidade, especialmente em aplicações onde os LEDs operam por longos períodos ou em ambientes de alta temperatura.

Os LEDs SMD, embora eficientes na dissipação de calor, geram mais calor e temperatura em comparação aos LEDs COB. A necessidade de circuitos e pontos de contato separados para cada chip, bem como a estrutura tradicional do pacote de LED, contribuem para a produção de calor um pouco maior.

5. Custo:

A diferença de custo entre LEDs COB e SMD é multifacetada. Embora os LEDs COB possam ser mais econômicos em termos de processos de produção simplificados, eles exigem melhores materiais e soluções de dissipação de calor. Por outro lado, os LEDs SMD envolvem substratos separados e camadas de fósforo para cada chip, bem como projetos de circuitos e processos de produção mais complexos. No entanto, os avanços na automação reduziram os custos de produção de LEDs SMD, tornando-os mais competitivos em termos de custos em determinados cenários.

Concluindo, tanto os LEDs COB quanto os LEDs SMD têm seus pontos fortes e fracos únicos, tornando-os adequados para diferentes aplicações de iluminação. A escolha entre LEDs COB e SMD depende dos requisitos específicos de cada aplicação. Se o brilho, a alta concentração de luz e a relação custo-benefício são as principais preocupações, os LEDs COB podem ser a melhor escolha. Por outro lado, se a uniformidade da luz, a eficiência energética e as opções versáteis de cores são mais importantes, os LEDs SMD podem ser a opção preferida.

Por que os LEDs COB exigem melhor dissipação de calor do substrato:

Agora, vamos nos aprofundar no motivo pelo qual os LEDs COB têm requisitos de dissipação de calor de substrato mais elevados do que os LEDs SMD. Para entender isso, precisamos considerar a geração de calor e a eficiência de conversão fotoelétrica de ambos os tipos de LED.

Os LEDs COB geralmente têm menor eficiência de conversão fotoelétrica em comparação aos LEDs SMD. A razão está no uso de mais fósforos para misturar luz branca em LEDs COB. Este processo envolve a absorção de um pouco de luz azul pelo fósforo e pela sílica gel, que a converte em calor. Além disso, a estrutura do pacote de LEDs COB contribui para uma maior geração de calor.

Os LEDs COB são criados montando diretamente vários chips em um substrato para formar uma superfície emissora de luz de alta densidade. Em contraste, os LEDs SMD são chips únicos encapsulados presos a colchetes, resultando em um ponto de emissão de luz disperso. Como resultado, a densidade de energia térmica e luminosa na superfície emissora de luz dos LEDs COB é maior do que a dos LEDs SMD, levando a temperaturas mais altas.

No entanto, é essencial observar que, embora a temperatura da superfície dos LEDs COB possa ser superior à dos LEDs SMD, a temperatura real do chip dos LEDs COB pode ser inferior à dos LEDs SMD. Isso se deve ao design de dissipação de calor mais eficaz dos LEDs COB, com o chip montado diretamente no substrato com melhor condução de calor.

A vantagem do substrato de alumínio em LEDs COB:

Os LEDs COB requerem dissipação de calor eficaz para manter o desempenho ideal e prolongar sua vida útil. É aqui que a vantagem de um substrato de alumínio nos LEDs COB se torna aparente.

O substrato de alumínio possui condutividade térmica superior em comparação com os substratos tradicionais de cobre para PCB. A menor resistência térmica do substrato de alumínio permite que o calor gerado pelos chips seja rapidamente transferido para o dissipador de calor, dissipando efetivamente o calor e mantendo os LEDs operando em temperaturas mais baixas.

Além disso, os substratos de alumínio apresentam um baixo coeficiente de expansão térmica, o que significa que, em altas temperaturas, apresentam relativamente poucas alterações dimensionais. Isso evita alterações na espessura e planicidade da placa devido às altas temperaturas, que podem impactar na qualidade dos furos e linhas de metalização.

Além disso, o substrato de alumínio permite que os LEDs COB transportem correntes mais altas devido ao uso de folha de cobre para conexões de fios. Em comparação, os substratos tradicionais de cobre para PCB podem ter maior resistência térmica, limitando a capacidade de transporte de corrente.

Em resumo, os LEDs COB requerem melhor dissipação de calor do substrato devido à sua maior geração de calor e eficiência de conversão fotoelétrica. O uso de substrato de alumínio em LEDs COB garante ótima dissipação de calor, vida útil prolongada e estabilidade aprimorada, tornando-os adequados para aplicações com longas horas de trabalho e ambientes de alta temperatura.

LEDs COB e LEDs SMD em aplicações de fabricação de luminárias:

A escolha entre LEDs COB e LEDs SMD desempenha um papel crucial nas aplicações de fabricação de luminárias. Cada tipo tem vantagens distintas que atendem a requisitos específicos de iluminação. Vamos explorar como os LEDs COB e SMD diferem em várias aplicações:

1. Aplicações de LEDs SMD:

Os LEDs SMD são particularmente adequados para produtos que requerem iluminação grande angular e iluminação uniforme. Devido ao seu amplo ângulo luminoso, geralmente em torno de 120-160 graus, eles são comumente usados em tiras, painéis, lâmpadas e diversas aplicações de iluminação arquitetônica. Os LEDs SMD oferecem versatilidade em cores e podem obter exibições multicoloridas ou coloridas, tornando-os ideais para efeitos de iluminação dinâmicos.

2. Aplicações de LEDs COB:

Os LEDs COB se destacam em aplicações que exigem alto brilho, luz concentrada e eficiência luminosa superior. Os vários chips de LED compactados resultam em maior saída de luz por polegada quadrada, tornando os LEDs COB adequados para holofotes, downlights, luzes da ruae outras luminárias de alto brilho. Os LEDs COB também são preferidos em aplicações de iluminação industrial e comercial onde é necessária uma operação prolongada em ambientes de alta temperatura, graças ao seu design eficiente de dissipação de calor e vida útil prolongada.

Solução de problemas de LEDs COB e LEDs SMD:

Agora, vamos aprender como solucionar problemas de LEDs COB e SMD para identificar quaisquer problemas que eles possam ter. Aqui estão alguns métodos que você pode usar para determinar a condição de seus LEDs:

1. Teste de inicialização:

Ligue os LEDs SMD ou COB usando uma bateria ou fonte de alimentação e observe se eles emitem luz corretamente. Se os LEDs não acenderem, pode haver algum problema com os grânulos da lâmpada, como danos ou mau contato.

2. Teste do multímetro:

Use um multímetro para medir os terminais positivos e negativos dos LEDs SMD ou COB na engrenagem do diodo. Se você puder medir valores normais de resistência ou tensão de condução, isso indica que os grânulos da lâmpada não estão queimados. Se você não conseguir medir nenhum valor, isso sugere que o cordão da lâmpada pode estar em curto ou em circuito aberto.

3. Inspeção Visual:

Observe a aparência dos LEDs SMD ou COB a olho nu. Procure rachaduras, descoloração, deformação ou outras anormalidades. Qualquer um desses sinais pode indicar que os grânulos da lâmpada foram danificados devido a superaquecimento, sobretensão ou choque mecânico.

Lembre-se de que esses métodos podem fornecer uma avaliação inicial da condição dos LEDs. Para testes de parâmetros de desempenho mais precisos, podem ser necessários instrumentos profissionais como espectrômetros e testadores de parâmetros optoeletrônicos.

Substituição de LEDs COB ou LEDs SMD ruins em produtos LED:

Se você identificou algum LED COB ou SMD com defeito em seus produtos LED, aqui está um guia sobre como substituí-los:

1. Remoção de LEDs ruins:

Use uma pistola de ar quente ou ferro de solda para remover os LEDs COB ou SMD defeituosos da placa. Tome cuidado para não danificar a placa ou outros componentes durante este processo.

2. Limpeza e Preparação do Quadro:

Remova o excesso de solda da placa com um ferro de solda, deixando uma fina camada de solda para facilitar a montagem dos novos LEDs COB ou SMD.

3. Substituição de LEDs:

Substitua os LEDs COB ou SMD defeituosos pelos mesmos tipos de LEDs adquiridos online. Preste atenção à orientação correta dos pólos positivo e negativo durante a substituição.

4. Soldagem:

Aqueça a parte traseira da placa com uma pistola de ar quente ou ferro de solda até que a solda na parte frontal derreta, soldando firmemente os novos LEDs no lugar. Se os LEDs tiverem dissipadores de calor intermediários, solde-os também.

5. Teste:

Verifique se os novos LEDs COB ou SMD emitem luz corretamente. Se algum problema persistir, repita as etapas e garanta conexões adequadas.

É importante observar que o método acima requer um certo nível de habilidade prática e acesso a ferramentas específicas. Se você não tiver experiência ou ferramentas completas, considere substituir todo o quadro de luz como alternativa.

Conclusão:

Esperamos que este guia completo tenha sido útil na compreensão do fascinante mundo dos LEDs COB e SMD. Estas tecnologias inovadoras transformaram a indústria da iluminação e continuam a oferecer soluções versáteis para diversas aplicações. Ao escolher entre LEDs COB e SMD, considere os requisitos e características específicas de iluminação de cada tipo de LED para tomar uma decisão informada. Quer seja um fabricante de luminárias ou um entusiasta de LED, a escolha certa de LED pode trazer brilho e eficiência às suas soluções de iluminação.

Como fabricante profissional de luminárias LED, a Vorlane está aqui para apoiá-lo com a nossa experiência e produtos LED de alta qualidade. Se você tiver alguma dúvida ou precisar de mais assistência com LEDs COB ou SMD, não hesite em nos contatar. Vamos juntos iluminar um futuro melhor com tecnologia LED de última geração!

Maravilhoso! Compartilhe este caso:

Postagens relacionadas

logotipo vorlane r pequeno
Obtenha atualizações de produtos

Inscreva-se para receber os últimos anúncios e ofertas de produtos.

    Produtos ODM
    Capacidades de Vorlane
    Contato Vorlane

    Copyright © 2021, Guangzhou Vorlane Optoelectronics Technology Co., Ltd.

    Solicite um orçamento

    *Respeitamos sua confidencialidade e todas as informações são protegidas.

    pt_BRPT

    Solicite um orçamento

    *Respeitamos sua confidencialidade e todas as informações são protegidas.